A Armada Camaronense recebe novas unidades do Grup Aresa Int

A Armada Camaronense entregou dois novos ARESA 2400 CPV Defender de 24 metros de comprimento e um ARESA 2300 LD Craft de 23 metros de comprimento para ajudar as forças armadas a salvaguardar os seus domínios marítimos.

O Chefe Camaronense do Pessoal Naval, Contra-almirante Jean Mendoua pôs em serviço os três barcos na Base Armada Camarões, em Douala. O comissionamento incluiu também uma reunião de apresentação e uma visita dos barcos ancorados na Base Naval.  

A próxima entrega que incluirá dois barcos de patrulha de 32 metros de comprimento de última geração é prevista para Fevereiro.

O ARESA 2400 CPV Defender é um barco de patrulha costeira de 24 metros que pode ser utilizado para uma série de aplicações: patrulhas off-shore, patrulhas de fronteira, anti-pirataria, anti-contrabando, transporte de tropas, missões de busca e resgate, entre outras aplicações. O ARESA 2400 CPV Defender é alimentado por dois motores diesel que acionam dois waterjets que atingem uma velocidade máxima de 30 nós. O barco tem 24.5 metros de comprimento e um alcance de 750 milhas náuticas.   

O equipamento de série do ARESA 2400 CPV Defender inclui um radar de vigilância/navegação X-band e um sistema sensor electro-óptico para vigilância diurna e nocturna, com blindagem opcional, monitor Fi-Fi, Auxiliar RIB ARESA 500 Commandos RIB e estação para montagem de múltiplas armas.

O ARESA 2300 Landing Craft é um barco RORO de carga, para transporte e equipos, que pode transportar veículos, tanques e/ou pessoas a bordo (até 40 toneladas) e tem um guindaste hidráulico que pode levantar objectos até 10 toneladas. O barco é equipado con dois motores de 450 hp diesel, atingindo uma velocidade de 14 nós e um alcance de 250 milhas náuticas. Proteçâo balística (opcional).

Além desses três barcos, a Armada Camaronense tem actualmente 12 barcos ARESA para intervenções velozes: seis 750 Commandos RIB – entregues no mês de Agosto último –, cinco 1200 Stealth e um 1200 Defcon – entregues em Maio de 2013-. 

No contexto deste projecto com a Armada Camaronense, o grupo espanhol garante 2 anos de serviços técnicos no país de destinação, peças sobressalentes e reequipamento de barcos, entre outros.